Notícias

A importância da parceira no tratamento da impotência

Um bate-papo pode auxiliá-lo a buscar ajuda médica.

Um problema na área sexual tem consequências na relação do casal. Quando o homem apresenta dificuldade de ereção, pode sentir-se assustado, envergonhado, desvalorizado e menos masculino. Já a mulher pode ter ideia de que ele não tem mais atração por ela ou até que ele tenha uma relação extraconjugal. Cuidado! Não tire conclusões apressadas!

“Enfrentar uma dificuldade a dois traz uma sensação de amparo e maior eficácia ao tratamento”

Numa parceria amorosa, a atitude mais acertada é o diálogo. Portanto, sugerimos à mulher:

– Pergunte claramente ao seu parceiro se ele percebeu o que acontece com a sua ereção;
– Veja como ele pensa em resolver a questão. Jamais o critique;
– Ofereça apoio e solidariedade. Sugira que busque um urologista;
– Se ele aceitar, acompanhe-o na consulta. Do contrário, respeite;
– Procure inteirar-se do diagnóstico e do tratamento;
– Diga a ele que a relação sexual vai além da ereção. O beijo e outras carícias são muito importantes;
– Mostre que ele pode proporcionar prazer a você de várias formas, através do toque, por exemplo;
– Evite pressioná-lo para que tenha uma ereção. O resultado, no geral, é contrário;
– Enfrentar uma dificuldade a dois traz uma sensação de amparo e maior eficácia ao tratamento;
– Viver a dois envolve estar junto nos bons e maus momentos; ​
– Busque ajuda profissional sempre.

Compartilhe

Deixe seu comentário